Jornalismo

Estudante de Direito é preso com mais de mil pés de maconha em Maricá

Segundo as investigações, cada quilo da droga era vendido a R$ 30 mil

Por Isaac Santos

Foto/Divulgação Polícia Civil

Policiais Civis da 24ªDP, a delegacia de Piedade, estouraram, nesta quarta-feira (27), três sítios com mais de mil pés de maconha do tipo “skunk”. O responsável pelos locais, um estudante de direito de 31 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, o material foi localizado em dois sítios, em Itaipuaçu, e numa casa em Ponta Negra, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio.

As investigações apontam que cada quilo da droga era vendido a R$ 30 mil, e cada colheita, rendia entre três e cinco quilos. Os locais eram protegidos em uma espécie de galpão com estufas, além de equipamentos de ventilação, de controle de temperatura e iluminação.

A droga, que é uma derivação da maconha, porém, com maior poder alucinógeno, era revendida na Região Oceânica de Niterói e também na cidade do Rio.

 

Comentários
enquete

Você acha que o Flamengo embala a segunda vitória consecutiva no Carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Pedro Augusto
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
03:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »