Sentinelas da Tupi

Estudo aponta que auxílio emergencial evitou queda de 23,5 milhões de pessoas para a pobreza

Pesquisadores concluíram que a ajuda do governo impactou a vida de quase 66 milhões de brasileiros

Por Redação Tupi

Foto: Agência Brasil

Estudos feitos pelos pesquisadores Rogério Jerônimo Barbosa, da Universidade de São Paulo, e por Ian Prates, do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, indicam que os programas emergenciais para o enfrentamento da pandemia levaram a redução temporária da desigualdade no Brasil.

O levantamento aponta que o auxílio emergencial evitou a queda de 23,5 milhões de pessoas para a pobreza. Os pesquisadores também concluíram que com a ajuda do governo, houve um impacto na vida de quase 66 milhões de brasileiros. Para eles, sem a contribuição do programa, a desigualdade teria crescido de forma acentuada.

Barbosa e Prates também levaram em consideração outros projetos econômicos, como a redução de jornadas e salários. Os pesquisadores chegaram às conclusões através de cruzamentos de dados de outras pesquisas nacionais sobre renda e emprego.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »