Política

“Eu não peço. Certas coisas eu mando” diz Bolsonaro sobre demissão de Ricardo Galvão

Bolsonaro ordenou que presidente do Inep fosse demitido após pesquisa divulgar dados sobre o desmatamento da Amazônia

Por Redação Tupi

 

Foto: Agência Brasil

O diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inep), Ricardo Galvão, será exonerado. A informação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro, neste domingo. Ele afirmou que tomou a decisão pois não havia mais “clima” para que Galvão continuasse no cargo.

A demissão de Ricardo Galvão foi motivada após o órgão divulgar dados sobre o aumento do desmatamento na Amazônia em 2019. Bolsonaro confirmou que ordenou que o ministro Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia, demitisse Galvão.

“Eu não peço. Certas coisas eu mando. Por isso que sou presidente. Após as declarações dele a meu respeito, pessoais, não tinha clima para continuar mais. Não tinha clima”, afirmou.

Apesar das acusações, Bolsonaro nega que a atitude seja uma retaliação e censura dos dados da pesquisa, que foram contestados por ele.

“Eu não censurei, eu não disse que não tinha que divulgar, mas a forma com que foi divulgado…com áreas sobrepostas, áreas acumuladas. É complicado. Não é a posição de um brasileiro que quer servir a sua pátria está preocupado com os negócios do Brasil. É lamentável”, explicou.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »