Brasil

Ex-padre é condenado a 17 anos de prisão por abuso de menores na Argentina

Marcelino Moya irá permanecer em liberdade até que decisão seja definitiva

Um ex-padre foi condenado a 17 anos de prisão por abuso de menores na Argentina. Marcelino Moya ainda está em liberdade até que a decisão seja definitiva. O caso teve início em junho de 2015, quando dois homens relataram terem sido vítimas de abusos do padre quando tinham entre 12 e 15 anos.

O ex-padre católico foi acusado de abuso sexual de menores entre 1992 e 1997. O tribunal o considerou culpado pelo crime de “promover a corrupção agravada e simples abuso sexual”. A sentença foi divulgada pelo site da ONG Commitment WITH VOICE.

Fora do tribunal, dezenas de pessoas da ONG aguardavam a decisão e aplaudiram a condenação.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »