Flamengo

Ex-presidente do Flamengo e outras 10 pessoas se tornam réus por incêndio no Ninho do Urubu

A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público do Estado

Por Marcelo Silva

(Reprodução)

A Justiça do Rio aceitou a denuncia contra as 11 pessoas envolvidas no incêndio que provocou a morte de dez adolescentes no Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019.

A denúncia do Ministério Público do Rio foi oferecida junto à 36ª Vara Criminal da Capital. Agora, o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo e outras 10 pessoas vão responder pelo crime de incêndio culposo podendo ser condenados até quatro anos de prisão.

Segundo a denúncia, o Ninho do Urubu era usado para treinamento das categorias de base do clube, mas não tinha alvará de funcionamento.

No documento, o Ministério Público lista diversas irregularidades cometidas pelos denunciados, como descumprimento de normas técnicas e desobediência a sanções administrativas impostas pelas autoridades.

Procurado, o ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo não se pronunciou sobre o caso.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »