Sentinelas da Tupi

Ex-secretário de Saúde do Rio, Edmar Santos entrega provas contra Wilson Witzel

Médico foi preso na última sexta-feira em investigação que apura desvio de recursos na compra de respiradores para combate ao novo coronavírus

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

O ex-secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, fez um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR). Além disso, Edmar entregou um conjunto de provas materiais envolvendo o governador Wilson Witzel no esquema de corrupção. As informações são da coluna “Radar”, no site da revista Veja.

Ele foi preso na última sexta-feira em investigação que apura desvio de recursos na compra de respiradores para combate ao novo coronavírus. Segundo a publicação da revista, o ex-secretário se comprometeu em devolver R$ 8,5 milhões aos cofres públicos.

O Ministério Público estadual (MPRJ) apreendeu a mesma quantia em endereços ligados a Edmar Santos, durante um desdobramento da Operação Mercadores do Caos, que levou a prisão do médico anestesista. Desse total, cerca de 7 milhões estavam em reais e o restante em dólares americanos, euros e libras esterlinas.

Os agentes contaram com máquinas de contar cédulas, emprestadas pelo Banco do Brasil, para terminar de contar o dinheiro na casa de Edmar Santos. Um funcionário do banco ficou à disposição para que o valor fosse depositado em uma conta judicial.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »