Jornalismo

Facebook e Twitter terão que remover postagens que exibem cabeça de Marielle Franco como troféu

Postagens retratam montagens com o rosto de usuários das redes sociais segurando a cabeça decapitada da vereadora

Por Isaac Santos

 

A Justiça do Rio determinou que o Facebook e o Twitter removam, no prazo de 24 horas, uma série de publicações ofensivas à memória da vereadora Marielle Franco, morta em março de 2018. Caso haja descumprimento, será aplicada uma multa diária de R$ 10 mil até o limite de R$ 500 mil. A liminar atendeu parcialmente ao pedido da família, em ação movida contra as duas empresas.

As postagens retratam montagens com o rosto de usuários das redes sociais segurando a cabeça decapitada de Marielle, sustentada pelos cabelos, ensanguentada e com marcas de tiros.

Na decisão, a juíza Renata Gomes Casanova destacou que a imagem ultrapassa a crítica política e a liberdade de manifestação do pensamento, pois o conteúdo “exalta a ocorrência de crime bárbaro, expondo a cabeça da vítima como uma espécie de troféu”.

“Tais manifestações revelam escarnecimento com o assassinato de um ser humano e constituem agressão à dor da família, em ato de verdadeiro bullying virtual”, escreveu a magistrada.

Na ação, a família pede, entre outras coisas, a identificação dos IPs dos usuários responsáveis por cada publicação e outras informações relacionadas ao fato, a fim de viabilizar eventual direito de resposta.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »