Campeonato Brasileiro

Flamengo tem atuação irregular em Mato Grosso, mas derrota o Cuiabá e volta a vencer no Campeonato Brasileiro

Pedro e Thiago Maia marcaram nos 2 a 0 do Rubro-Negro, na Arena Pantanal

Por Bruno Gentile

Pedro comemora gol sobre o Cuiabá pela Série A
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Venceu, mas não convenceu! Com atuações bem distintas nos dois tempos de partida, o Flamengo se recuperou da derrota para o Juventude, derrotou o Cuiabá por 2 a 0, nesta quinta-feira (1°), na Arena Pantanal, pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, e alcançou a sexta posição na tabela, com 12 pontos, mesmo tendo dois duelos a menos que seus concorrentes. Pedro, envolvido na polêmica da Seleção Olímpica, e Thiago Maia, voltando de lesão, fizeram os gols. Com o resultado, os comandados do técnico Rogério Ceni conquistam o quarto triunfo na competição e, de quebra, põem fim na invencibilidade dos cuiabanos atuando por lá na temporada.

Como era de se esperar, o primeiro tempo foi de total domínio do Rubro-Negro. Logo aos 6 minutos, Michael já mostrou que o time da Gávea vinha para cima: o atacante recebeu com bastante liberdade na faixa esquerda, partiu para dentro da marcação, cortou em direção ao meio e finalizou firme, mandado depois do travessão de Walter. O jogo seguiu e a pressão rapidamente surtiu efeito. Em roubada de bola na saída dos donos da casa, aos 9, João Gomes foi lançado na área, dominou, fez o giro entregou para Pedro empurrar para o gol vazio e abrir o placar.

Os mandantes, no prejuízo, até chegaram a ensaiar uma resposta, quando Elton emendou um voleio no ataque, após ser achado por um cruzamento vindo da esquerda. Entretanto, o arremate saiu mascado e sem mira, indo direto para a linha de fundo e sem perigo para Gabriel Batista, que substituiu Diego Alves, poupado. Na sequência, o Flamengo tratou de retomar as rédias e continuou armando jogadas. Aos 26, os comandados de Rogério Ceni quase ampliaram, com Bruno Henrique. O camisa 27 aproveitou desvio em Paulão e Marllon no chute de Vitinho e saiu cara a cara com o goleiro, que, no reflexo, defendeu a finalização com apenas uma mão e mandou para escanteio.

Porém, apesar do grande controle das ações na Arena Pantanal, o Flamengo deixou o ritmo cair, de certa forma, o que reduziu as possibilidades de aumentar a vantagem no marcador. Já nos acréscimos, Matheuzinho, bastante criticado por sua atuação na derrota por 1 a 0 Juventude, no Rio Grande do Sul, avançou pela direita e assustou a defesa cuiabana. O lateral disparou, chegou até a ponta da área e arriscou firme em direção à meta. A bola resvalou no meio do caminho e passou bem perto da trave de Walter.

Na volta do intervalo, o Cuiabá voltou bem diferente em relação à primeira etapa e se lançou à frente. Antes de completar um minuto, os mato-grossenses quase igualaram tudo, só que Danilo desperdiçou a chance. Ex-Corinthians, Clayson veio pelo círculo central e enfiou belo passe no meio dos zagueiros rubro-negros. O atacante executou o facão e saiu cara a cara com Gabriel Batista. Entretanto, tirou demais e acabou finalizando à esquerda da baliza.

Em seguida, os atuais bicampeões do Campeonato Brasileiro tentaram sair ao ataque para ampliar e não correr riscos. E até conseguiram, aos 6 e aos 13, ambos os lances com a participação de Pedro, mas sem sucesso. Os donos da casa não se intimidaram com as oportunidades construídas logo antes pelo visitantes e chegaram até a balançar a rede, porém, o árbitro invalidou o gol. Depois da falta cobrada na área, a zaga flamenguista tirou parcialmente. Rafael Gava pegou com o rebote, bateu cruzado e venceu o goleiro. Só que o juiz anulou tudo por flagrar um impedimento na origem da jogada.

O Cuiabá seguiu tentando furar o setor defensivo e, ao menos, conquistar um empate. Entretanto, os mandantes sempre esbarravam na falta de pontaria e, principalmente, na execução do último passe. E, após segurar bem a pressão adversária e se manter firme na parte de trás, o Flamengo criou duas boas oportunidades de matar o jogo: uma com chute de Matheuzinho, indo para fora; e outra de Rodrigo Muniz, cabeceando para o chão e, posteriormente, nas mãos de Walter.

Na terceira possibilidade consecutiva, já no fim do duelo, aos 48, Thiago Maia, vindo do banco de reservas, fechou o caixão em Mato Grosso: em contra-golpe carioca depois de roubada de bola no meio de campo, Muniz arrancou com a posse até próximo à meia-lua e deixou para o volante, que dominou, completamente sozinho, e levantou a cabeça para tocar na saída do goleiro, dando números finais ao placar.

Agora, com o quarto resultado positivo na competição, o Flamengo vai começar a preparação para o clássico com o Fluminense, no domingo (4), às 16h, na Neo Química Arena, pela nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que o jogo será em São Paulo por conta da impossibilidade de ter o Maracanã, atualmente cedido à Conmebol para a disputa da Copa América. Se vencer, o Rubro-Negro poderá entrar no G-4 e subir na tabela de classificação.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »