Conecte-se conosco

Patrulhando a Cidade

Força-tarefa da Polícia Civil e órgãos municipais fecha lava-jatos clandestinos, no Rio

De acordo com o secretário de Ordem Pública Breno Carnevale, ao menos 10 ações semelhantes já foram realizadas com o mesmo objetivo

Publicado

em

agentes trabalhando na via
(Foto: Reprodução)
agentes trabalhando na via

(Reprodução)

Ao menos 17 lava-jatos clandestinos foram fechados durante uma força-tarefa de ordenamento urbano realizada por agentes da Polícia Civil, da Secretaria de Ordem Pública, da Guarda Municipal e de outros órgãos da Prefeitura do Rio na região entre Manguinhos e Benfica, na Zona Norte da Cidade, na manhã desta quinta-feira (10).

A ação conjunta, que também teve a participação da Comlurb, da Secretaria de Conservação e de concessionárias de serviços públicos como a Águas do Rio e a Light teve como objetivo combater os pontos clandestinos de lavagem de veículos, montados irregularmente às margens da Rua Leopoldo Bulhões.

Não é a primeira vez que uma operação como essa acontece. De acordo com o secretário de Ordem Pública Breno Carnevale, ao menos 10 ações semelhantes já foram realizadas com o mesmo objetivo. E desde então, segundo ele, a ação irregular de lava-a-jatos clandestinos que furtam água e energia elétrica, e de barracas que ocupam irregularmente o espaço público, acumulando lixo e prejudicando o deslocamento de pessoas e o trânsito na região diminuiu drasticamente.

Ainda não há um balanço final da operação, sobre apreensões ou prisões. A ação ocorre de forma pacífica, ao contrário do que aconteceu em outras oportunidades, quando houve resistência de criminosos, com tiros e protestos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *