Conecte-se conosco

Rio

Governo do Rio investe em ensino profissionalizante para pessoas privadas de liberdade

Iniciativa visa alavancar qualificação para o empreendedorismo no sistema prisional

Publicado

em

Complexo Penitenciário de Gericinó
Governo do Rio investe em ensino profissionalizante para pessoas privadas de liberdade

O Governo do Estado do Rio informou nesta quarta-feira (25), que uma parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação visa alavancar qualificação para o empreendedorismo no sistema prisional. 

De acordo com o governo do Rio, foram iniciados os preparativos para a construção de uma unidade de ensino vinculada à Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC) dentro do Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. O projeto visa oferecer qualificação profissional especializada para a população privada de liberdade.

O Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, João Carrilho, acompanhado pelo Subsecretário de Reintegração Social da Seap, Lúcio Flávio Correia Alves, visitou os galpões da Penitenciária Industrial Esmeraldino Bandeira nesta quarta, onde funcionavam fábricas, padarias e oficinas que usavam a mão de obra dos presos no sistema.

Durante a visita, foi debatida a viabilidade do projeto e a formalização da parceria entre as secretarias e a FAETEC, fomentando instrumentos para a reintegração social, uma prioridade da gestão da Secretária de Administração Penitenciária, Maria Rosa Lo Duca Nebel.

“Este é o início de uma valiosíssima parceria em fomento e implantação de políticas públicas para garantir a oferta de ensino profissionalizante, com certificação de peso, à população privada de liberdade”, destaca a secretária.

O Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, João Carrilho, também exalta a parceria: “No momento em que você qualifica, dá uma oportunidade e ocupação para os presos, estamos resgatando a esperança de que dias melhores estão por vir, além de dar a chance deles saírem do complexo empregados e com um currículo para disputar uma vaga no mercado de trabalho. Essa parceria é de fundamental importância para os detentos e sociedade!”

Além do Secretário de Ciência e Tecnologia e Inovação e do Subsecretário de Reintegração Social, participaram da visita técnica os representantes da direção da Penitenciária Esmeraldino Bandeira.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.