Coronavírus

Governo do Rio reforça importância da vacinação em adolescentes

Morte em SP não tem relação com Pfizer, diz Secretaria de Saúde do estado

Por Tatiana Campbell

Ministério da Saúde suspende vacinação de adolescentes sem comorbidades, mas Rio garante imunização para hoje e amanhã
Foto: Erika Corrêa/Super Rádio Tupi

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio voltou a reforçar a segurança das vacinas contra Covid-19 em todas as faixas etárias aprovadas pela Anvisa. A vacinação em adolescentes tem se mostrado eficaz no combate à doença e segura em sua aplicação. A pasta esclarece que, desde o início da imunização em adolescentes de 12 a 17 anos, não houve registro de eventos adversos graves no estado.

Pesquisadores, embasados em estudos científicos, confirmaram para a Secretaria a eficácia e a segurança da Pfizer nessa faixa etária.

“Os pesquisadores manifestaram suas opiniões embasadas em estudos científicos que evidenciam a eficácia e a segurança da vacina nessa faixa etária. Eles foram favoráveis à continuidade da vacinação de adolescentes”, explica a SES.

Vale destacar que a morte de uma adolescente de 16 anos de São Bernardo do Campo, em São Paulo, no dia 2 de setembro, decorreu de uma doença autoimune, informou a Secretaria de Saúde de SP. As análises técnicas, realizadas com 70 pesquisadores, indicaram que a vacina não foi a causa do óbito.

“As análises técnicas indicam que não é a vacina a causa provável do óbito e sim à doença identificada com base no quadro clínico e em exames complementares, denominada ‘Púrpura Trombótica Trombocitopênica’ (PPT)”, disse em nota.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »