Patrulhando a Cidade

Jovem que foi morto durante operação da Polícia Militar tinha apenas 16 anos e era jogador

Ele saía de casa para ir ao treino, quando foi atingido por um tiro de fuzil nas costas; familiares, amigos e vizinhos afirmam que ele era inocente e não tinha nenhum envolvimento com o tráfico

Por Redação Tupi

Foto: Arquivo pessoal

O adolescente que foi morto nesta segunda-feira, em Niterói, durante uma operação do Batalhão de Polícia de Choque (BpChq), tinha apenas 16 anos e era jogador de futebol. Ele foi identificado como Diogo Coutinho e era conhecido como ‘Dondom.

A tragédia ocorreu enquanto policiais realizavam uma operação contra o tráfico de drogas nas comunidades do Grota, Igrejinha e Viradouro.

De acordo com relatos, Coutinho saía de casa para ir ao treino, quando foi atingido por um tiro de fuzil nas costas. Ele foi socorrido pelo o avô que o segurou nos braços, chegou a ser levado para a Policlínica do Largo da Batalha, mas não resistiu.

Em resposta ao assassinato, moradores locais protestaram na Estrada da Cachoeira, no Bairro de São Francisco, e chegaram a incendiar um ônibus. Não há informações de vítimas.

Repórteres do jornal O jornal O Globo conversaram com pessoas próximas à vítima, e todas reafirmaram que ele não tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

“Estudei com ele por anos e todos sabemos que ele não era traficante. Ele só estava indo atrás de seu sonho! Estão dizendo que ele era traficante, mas não era”, disse uma amiga do adolescente, que preferiu não ser identificada.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »