Rio

Justiça erra novamente e expede mandado de prisão para endereço de cientista de dados que ficou 23 dias preso injustamente

Raoni Lázaro Barbosa foi preso após ser confundido com miliciano Raony Ferreira

Por Redação Tupi

Raoni Lázaro Barbosa
Raoni Lázaro Barbosa (Foto: Arquivo Pessoal)

Mais uma vez o cientista de dados Raoni Lázaro Barbosa, de 34 anos, foi vítima de um erro. Desta vez, a Justiça emitiu o mandado de prisão para o miliciano Raony Ferreira, que atua em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, mas o endereço era o de Raoni Lázaro, que mora em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Na noite desta terça (14), assim que viram o erro no processo, os advogados do cientista de dados pediram a mudança de endereço junto à Justiça para que Raoni não fosse preso injustamente de novo.

“Da outra vez que os policiais vieram, ninguém olhou meu documento de identidade pra saber se eu era a pessoa correta. Esse era meu maior medo, inclusive devido a isso, eu não dormi em casa. Fiquei com medo, enquanto isso não se resolvesse”, contou Raoni.

O cientista falou também sobre a postura da Justiça diante sua situação. “O sentimento que eu fico é que a Justiça não tem o cuidado, não se aprofundam e não verificam as informações. É tudo feito de qualquer jeito e sem cuidado algum”.

A 1ª Vara Criminal informou, na manhã desta quarta, que soube do problema e está apurando de quem foi o erro e já determinou correção do mandado.

Raoni passou 23 dias na prisão após ser confundido com um integrante de uma milícia. Um erro da Polícia Civil fez com que ele fosse acusado e preso por um crime que não cometeu.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »