Rio

Justiça mantém prisões de assassinos de dubladora morta em Ipanema

O crime aconteceu no apartamento da artista, em Ipanema, na Zona Sul carioca

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A justiça do Rio manteve a prisão preventiva do economista Pedro Paulo Gonçalves Vaconcellos, e da mãe dele, Eliane Gonçalves da Costa, pela morte da dubladora Cristiane Louise de Paula, ocorrida em julho de 2021.

O crime aconteceu no apartamento da artista, em Ipanema, na Zona Sul carioca. Cristiane foi esfaqueada diversas vezes por Pedro Paulo, com quem mantinha um relacionamento amoroso. De acordo com as investigações, Eliane foi presa por ter auxiliado o filho a esconder o corpo da dubladora em uma área de vegetação da Praia de Grumari.

Em depoimento à Delegacia de Homicídios da Capital, ela alegou que estava “possuída por um espírito maligno”.

Cristiane Louise de Paula, dubladora desde 1994, era responsável, entre outras, pela voz da personagem Margarida, da Disney.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »