Região dos Lagos

Justiça vai decidir se goleiro Bruno pode voltar a morar em Arraial do Cabo

Bruno se mudou para Arraial do Cabo em março do ano passado, mas está cumprindo a pena no estado do Acre

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)

A Justiça do Rio vai decidir se o goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte da ex-modelo, Eliza Samúdio, pode voltar a morar na cidade de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio. Bruno estava cumprindo pena, no regime semi aberto, no estado do Acre, onde chegou a jogar pelo Rio Branco Futebol Clube.

A juíza Juliana Gonçalves Pontes, da Vara Única de Arraial do Cabo, determinou que o jogador apresente comprovante de residência e de trabalho no município de Arraial, para autorizar a mudança. Com o fim do contrato com o clube do acreano, Bruno deseja voltar para a cidade, onde residia antes de ser preso.

No pedido, a defesa de Bruno afirmou que o Ministério Público da Comarca do Acre manifestou-se favoravelmente ao pleito, contudo, determinou que fosse feita uma consulta à Comarca de Arraial do Cabo. O crime aconteceu no ano de 2010.

O ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Bruno passou para o regime semi aberto, no ano de 2017, após cumprir 8 anos e 10 meses em regime fechado.

A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime e reduzida pela confissão do jogador.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »