Conecte-se conosco

Brasil

Maio Laranja: Secretaria de Saúde aponta que 70% das crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual são do sexo feminino

Números foram divulgados em virtude à iniciativa criada para dar visibilidade às ações de combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil

Publicado

em

Uma pesquisa da Secretaria de Estado de Saúde do Rio aponta que 70% das crianças e adolescentes vítimas de violência sexual são do sexo feminino. Entre 2017 e 2021, mais de 11.600 notificações (66%) foram relacionadas a bebês (menos de 1 ano) até jovens, com 19 anos.

Ainda segundo a pesquisa, nos casos onde as vítimas tinham de 1 a 4 anos, o pai foi apontado como o principal agressor. Já na faixa etária entre 5 e 14 anos de idade, a violência sexual foi cometida por amigos e/ou conhecidos.

“As situações de abuso e violência sexual de crianças e adolescentes não podem ficar na invisibilidade e as informações são imprescindíveis para orientar gestores e profissionais de saúde, educação e segurança pública, entre outros, a traçar ações para prevenir e combater esses casos de violência”, afirma Eralda Ferreira, coordenadora de Vigilância e Promoção em Saúde da SES.

Apesar da maioria dos registros de violência sexual (70%) serem relacionados ao sexo feminino, as notificações referentes ao sexo masculino também aparecem na pesquisa. “Os números existem para dar luz a esses casos. Eles não podem ficar na invisibilidade. Entre os meninos, a faixa etária de 5 a 9 anos é a que registra o maior número de casos de violência sexual (23,9%). E os meninos com idades entre 1 e 4 anos têm o segundo maior número de notificações deste tipo de violência para o sexo feminino: 20,3%”, informou a coordenadora.

Os números foram divulgados em virtude do Maio Laranja, iniciativa criada para dar visibilidade às ações de combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.