Destaques

Mais líder do que nunca! Brasil vence o Paraguai em Assunção e segue 100% nas Eliminatórias da Copa do Mundo

Seleção de Tite fez 2 a 0 nos donos da casa, com gols de Neymar e Lucas Paquetá

Por Bruno Gentile

Neymar em ação pelo Brasil diante do Paraguai
(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Segue o 100% de aproveitamento! Em atuação razoável, sem muito encanto, o Brasil confirmou o favoritismo e venceu o Paraguai por 2 a 0, nesta terça-feira (8), no Estádio Defensores del Chaco, pela oitava rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar, e continua acumulando vitórias na competição – ao todo, são seis triunfos e 18 pontos conquistados. Os gols que garantiram mais um resultado positivo aos pentacampeões mundiais foram marcados por Neymar, logo no começo, e Lucas Paquetá, já nos acréscimos.

O primeiro tempo foi quase todo de domínio brasileiro em Assunção. E, de cara, o time de Tite conseguiu abrir o placar, após bela construção de jogada. Aos 3 minutos, Gabriel Jesus recebeu ótimo lançamento na lateral direita, avançou e cruzou bem. Neymar aproveitou a furada de Richarlison, pegou a sobra, dominou e tocou na saída do goleiro, que nada pôde fazer. O camisa 10, inclusive, chegou ao seu 66° gol pela Canarinha, igualando Zico como terceiro maior artilheiro da Seleção Brasileira.

Atrás no marcador, os paraguaios, que raramente atacaram na etapa inicial, responderam, aos 7: Alderete ficou com a sobra perto da área e arriscou com muita força, de canhota. O arremate saiu reto e Ederson, escolhido para atuar na vaga de Alisson, fez ótima defesa e jogou para escanteio. Mas a Canarinha não deixou os donos da casa gostarem da partida e quase ampliou a vantagem. Isso porque, aos 12, Richarlison foi lançado por Fred e, mesmo aparando mal de esquerda, conseguiu finalizar. Porém, o atacante do Everton mandou fraca, em cima de Antony Silva.

O Paraguai seguiu recuado e tentando diminuir os espaços dos visitantes, para sair apenas nos contra-golpes e aproveitar o descuido brasileiro. Em uma dessas tentativas, Almirón quase igualou o placar, aos 23, depois de receber ótimo passe em jogada individual de Rojas e chutar de direira, mas Militão apareceu na hora certa para desviar e evitar perigo maior.

Já na parte final dos primeiros 45 minutos, o Brasil ainda teve mais duas oportunidades de aumentar o prejuízo dos paraguaios. Após fila feita por Neymar, a zaga adversária só conseguiu para o camisa 10 do PSG na falta. O ex-jogador do Santos e Barcelona cobrou com curva, por fora da barreira, e a bola passou perto da trave, assustando os mandantes. E, nos acréscimos, Richarlison até balançou a rede de Antony Silva, chutando de canhota, mas o lance foi anulado pelo árbitro por conta da posição irregular do ponta.

Na volta do intervalo, quem voltou com volume ofensivo foi o time da casa. Logo aos 2, Gustavo Gómez, zagueiro do Palmeiras, subiu mais alto que todo mundo em cobrança de lateral na área e cabeceou forte, com direção.Porém, Ederson não teve dificuldades para fazer a intervenção e ficar com a posse. A partir daí, o Paraguai praticamente não atacou mais e pouco conseguiu criar à frente. E a Canarinha tratou de responder, aos 9, com Marquinhos. O defensor mandou de cabeça rente à trave do goleiro, aproveitando belo cruzamento de Neymar pela direita.

Dez minutos depois, o Brasil armou sua melhor possibilidade de gol. O próprio camisa 10 do PSG recebeu passe de Gabriel Jesus, que, por sinal, fez boa jogada individual, e dominou na altura da meia-lua. Avançou mais um pouco e, de canhota, mandou a bomba, passando muito perto da baliza defendida por Antony Silva. Em seguida, Richarlison quase ampliou, após partir em velocidade pela faixa esquerda do gramado e arriscar. Mas a bola parou em Gustavo Gómez e saiu pela linha de fundo.

No fim do confronto, os paraguaios ainda ensaiaram uma rápida pressão em cima do setor defensivo da equipe de Tite, mas sem sucesso, já que esbarrou na falta de criatividade e pontaria, além do bom posicionamento de Ederson para realizar boas defesas e evitar a igualdade no marcador. Já perto do tempo adicional, Lucas Paquetá fechou o caixão em Assunção: Neymar tirou da cartola uma jogada espetacular pelo meio e deixa o meia do Lyon em ótimas condições na entrada da área. O ex-atleta do Flamengo finalizou de primeira e ampliou a vantagem.

Agora, com mais essa vitória, o Brasil lidera com folga as Eliminatórias da Copa do Mundo, com 18 pontos, seis à frente da Argentina, segunda colocada. Já o Paraguai, com 7, aparece em sexto lugar, com apenas um triunfo, diante da Venezuela. Ambas as equipes voltarão a campo pela competição somente em setembro. Antes, terão de voltar as atenções para a Copa América, marcada para começar no dia 13 de junho.



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Roberto Canazio
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »