Conecte-se conosco

Rio

Manifestantes fecham Avenida Automóvel Clube após morte de idoso no Engenho da Rainha

Equipes do batalhão da Polícia Militar do Méier atuam na região. O policiamento foi reforçado.

Publicado

em

Manifestação na Automóvel Clube. Foto: Reprodução/Internet

Um protesto fechou a Avenida Automóvel Clube, na noite desta segunda-feira (17), após a morte de um idoso, no Engenho da Rainha. Carros e motos interditaram as pistas, e lixos foram incendiados, com forma de fazer barricadas, na altura de Pilares, na Zona Norte do Rio.

A manifestação aconteceu após a morte de Marcelo Ressol, de 60 anos. Ele saiu de casa para consertar uma máquina de lavar roupas, quando foi atingido por um disparo.

Marcelo foi o 17º idoso baleado na Região Metropolitana do Rio em 2024: 11 morreram e 6 ficaram feridos.

Em nota, a Polícia Militar informou que, de acordo com policiais militares do 3ºBPM (Méier), equipes da unidade realizavam operação na Comunidade do Engenho da Rainha, em Inhaúma, quando foram alvos de disparos de arma de fogo em diversos pontos da região. Durante a ação, uma equipe localizou o homem ferido na Rua Afonso de Albuquerque. Imediatamente, a vítima foi socorrida ao Hospital Municipal Salgado Filho, mas infelizmente não resistiu.

Equipes do batalhão do Méier também atuaram no local do protesto. O policiamento foi reforçado na região.

Confira o vídeo:

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. CESAR SALES

    17 de junho de 2024 em 23:07

    NAO TINHA NINGUEM ROUBANDO E OS UNICOS ARMADOS SAO OS POLCIAIS… AS PESSOAS GOSTAM DE FAZER O CAOS…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *