Brasil

Marcelo Ramos classifica os primeiros seis meses de governo Bolsonaro como um “desastre econômico”

Presidente da comissão da Reforma da Previdência disse não ter mais respeito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

O presidente da comissão reforma da Previcência, Marcelo Ramos (PL-AM), disse que não tem mais respeito por Paulo Guedes, ministro da Economia e responsável pelo projeto. A declaração foi feita em entrevista ao jornal O Globo.

“Não podemos deixar contaminar a tramitação da reforma. Agora, o Guedes, que era um interlocutor respeitado com o Congresso, vai perdendo isso. Eu sou um que não tenho mais nenhum respeito por ele. Antes, me esforçava para construir um diálogo com ele, hoje não tenho respeito nenhum por ele”, disse Ramos.

Ele ainda acrescentou que Guedes está “indignado” com a retirada da capitalização – com que trabalhador contribui mensalmente para a própria aposentadoria.

“O governo não tem uma agenda. Como não tem agenda, precisa adotar uma atitude diversionista. Não tem agenda para enfrentar o problema estrutural do país, que são 12,7 milhões de desempregados, PIB abaixo de 1%. Então o caminho é diversionismo, falar de tomada de três pinos, de porte de armas, de coisas que tirem a atenção do desastre econômico que são esses primeiros seis meses do governo Bolsonaro”, declarou o presidente da comissão.

Comentários
recomendadas
enquete

Hoje é aniversário de Claudia Leitte. Qual música da cantora é a sua favorita?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »