Jornalismo

Ministério Público denuncia Temer e Moreira por desvios na Eletronuclear

Na quinta-feira, o ex-presidente virou réu por corrupção passiva no caso da mala de R$ 500 mil da JBS

Foto: Divulgação.

O Ministério Público Federal fez duas denúncias, nesta sexta-feira, contra o ex-presidente Michel Temer, o ex-ministro e ex-governador do Rio Moreira Franco e outros investigados por desvios na Eletronuclear.

Michel Temer chegou a ser preso em São Paulo no último dia 21 de março pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Os agentes também prenderam o ex-ministro Moreira Franco no Rio e o coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer. Os advogados entraram com pedido de habeas corpus no Tribunal Regional Federal da Segunda Região, o TRF2.

Segunda-feira, a Justiça determinou a soltura do ex-presidente. Sobre a denúncia de desvios na Eletronuclear, a defesa de Temer disse que nada foi provado contra ele e que a prisão “constitui mais um, e um dos mais graves, atentados ao Estado democrático de Direito no Brasil”.

Na quinta-feira, o ex-presidente virou réu por corrupção passiva no caso da mala de R$ 500 mil da JBS. O juiz da Décima Quinta Vara da Justiça Federal em Brasília, Rodrigo Bentemuller, acolheu denúncia do Ministério Público.


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »