Rio

MP pede júri popular para acusados de matar Marielle Franco e Anderson

Crime vai fazer dois anos em março

Por Redação Tupi

O Ministério Publico do Rio pediu à Justiça que os acusados pela morte da vereadora Marielle Franco, Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, sejam levados a juri popular. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo jornal ‘Folha de São Paulo”. A instância do Estado do Rio quer evitar que os dois suspeitos presos em março de 2019 e levados para o Presídio Federal de Porto Velho, no estado de Rondônia, juntem as versões sobre o crime.

Além disso, os promotores responsáveis pela assinatura das alegações finais da promotoria na ação penal pedem que os dois estejam em unidades prisionais diferentes, até que o julgamento aconteça. No próximo dia 14 de março, o crime vai completar dois anos.

Em nota, o MPRJ confirma que pediu a pronúncia – decisão que remete os autos ao Tribunal do Júri por considerar presentes todos os requisitos que tornam admissível a acusação – dos denunciados Ronnie Lessa e Élcio Queiróz. O pedido foi feito nas alegações finais do processo que os aponta como executores de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »