Sentinelas da Tupi

Ministros do STF e órgãos de justiça se manifestam após assassinato de juíza na Zona Oeste do Rio

Em nota o TJ-RJ, disse que esse tipo de crime é hediondo e a Defensoria Pública se colocou à disposição das mulheres que se sentem ameaçadas

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação / STF)

O Supremo Tribunal Federal, o Conselho Nacional de Justiça, o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública do Rio se manifestaram sobre o assassinato da juíza Viviane Viera, de 45 anos, morta a facadas pelo ex-marido Paulo Arronenzi na frente das três filhas na Zona Oeste do Rio.

O ministro Luiz Fux afirmou que essa é “uma triste realidade que precisa ser enfrentada”. No texto, Fux disse ainda assumir um compromisso “com o desenvolvimento de ações que identifiquem a melhor forma de prevenir e erradicar a violência doméstica contra as mulheres no Brasil”.

Ele cita, ainda, a necessidade de um esforço integrado entre os poderes para que seja possível sensibilizar a sociedade no cumprimento das leis e de tratados internacionais.

Em nota o TJ-RJ, disse que esse tipo de crime é hediondo e a Defensoria Pública se colocou à disposição das mulheres que se sentem ameaçadas.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »