Internacional

Moro liga para autoridades paraguaias para saber informações do caso Ronaldinho e Assis

Na manhã desta segunda-feira, a defesa da dupla entrou com um pedido de prisão domiciliar, que deve ser respondido em até 48 horas

Por Redação Tupi

Na manhã desta segunda-feira, a defesa da dupla entrou com um pedido de prisão domiciliar, que deve ser respondido em até 48 horas
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

De acordo com informações do site Globo Esporte, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, entrou em contato com autoridades do governo paraguaio, nesta segunda-feira, para se inteirar acerca da situação envolvendo o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão dele, Roberto Assis. Os dois estão detidos em Assunção, capital do Paraguai, desde a última sexta-feira, acusados de utilizarem documentos falsos.

Para o site, a assessoria do ministro confirmou o telefonema e disse que Moro esta acompanhando com afinco o caso. No entanto, destacou que “o Paraguai é soberano para tomar decisões”.

Na manhã desta segunda-feira, a defesa de Ronaldinho e Assis entrou com um pedido de prisão domiciliar, que deve ser respondido em até 48 horas. A intenção dos advogados é que os dois deixem a penitenciária Agrupación Especializada da Polícia Nacional do Paraguai o quanto antes, para cumprirem prisão numa residência em Assunção.

Caso seja aceito o pedido, o próximo passo da defesa é conseguir a transferência da dupla para o Brasil.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »