Brasil

Mourão diz que ministro da Educação precisa explicar ‘direitinho’ os cortes na pasta

Ele ainda disse que os atos que ocorrem por todo o país hoje são, sim, democráticos

Por Redação Tupi

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

No início da tarde desta quarta-feira, o presidente em exercício Hamilton Mourão disse que os atos contra os cortes no Ministério da Educação são parte de um sistema democrático. E depois ainda incluiu que o ministro da pasta, Abraham Weintraub, precisa “explicar direitinho” o que, de fato, são esses cortes.

— A manifestação faz parte do sistema democrático, desde que seja pacífica, ordeira e não limite o direito de ir e vir das outras pessoas, é uma forma que aqueles que se sentem inconformados têm de apresentar o seu protesto. Então, normal”, declarou Mourão.

Em relação aos bloqueios orçamentários que vão entre 30% a 40% nas instituições de ensino federais por todo o país, Mourão disse que, na verdade, não são corte, mas, sim, um “contingenciamento”. E ainda ressaltou a falha na comunicação do ministro Weintraub.

“O que existe não é corte, é contingenciamento, que ocorreu ao longo de todos os governos. Aliás, a única exceção foi o ano passado que o presidente (Michel) Temer liberou o orçamento em fevereiro, todo o orçamento foi liberado. (Weintraub) precisa, como acabei de explicar para vocês agora. Eu acho que se o ministro souber explicar direitinho, acho que vocês entenderam o que eu quis transmitir aqui, as coisas como estão acontecendo. Então, nós temos falhado na nossa comunicação, e agora é uma oportunidade, lá dentro do Congresso, que o ministro vai ter para explicar isso tudo”.

 

 

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »