Brasil

MPF diz que irá recorrer da decisão que determinou soltura de Temer

Segundo o Ministério Público Federal, a intenção é que os habeas corpus sejam julgados pela 1ª Turma, órgão colegiado do TRF-2

Foto: EVARISTO SA / AFP

O Ministério Público informou nesta segunda-feira que vai recorrer da decisão que determinou a soltura do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de outras seis pessoas.

Em nota, o órgão informou: 

“A expectativa é recorrer para que os HCs (habeas corpus) sejam julgados pela 1ª Turma. A decisão de quando pautar os HCs cabe ao presidente da Turma”.

A decisão em favor de Temer é do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. A liminar também determina a soltura do ex-ministro Moreira Franco, de João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima, apontado como operador financeiro do suposto esquema criminoso comandado por Temer, e de outros cinco alvos da Operação Descontaminação.

O ex-presidente é acusado de liderar uma organização criminosa que teria negociado R$ 1,8 bilhão em propina. Temer estava preso na superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, em uma sala da corregedoria.



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Ele & Ela
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »