Rio

MPRJ anuncia novos integrantes da Força-Tarefa do caso Marielle Franco

Grupo foi reforçado em sua composição e passa a contar com oito membros

Por Redação Tupi

Imagem da vereadora Marielle Franco
(Foto: Reprodução)

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) anunciou, nesta segunda-feira (26), os nomes dos novos integrantes da Força-Tarefa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado para o caso Marielle Franco e Anderson Gomes (GAECO/FTMA).

Por determinação do procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, o grupo foi reforçado em sua composição e passa a contar com oito membros. A coordenação estará a cargo de Bruno Gangoni, coordenador do GAECO/MPRJ e que, na última semana, havia sido designado temporariamente para assumir a Força-Tarefa.

Os demais integrantes do GAECO/FTMA são os promotores de Justiça Roberta Laplace, Fabiano Cossermelli, Diogo Erthal, Juliana Pompeu, Michel Queiroz Zoucas, Marcelo Winter e Carlos Eugênio Laureano, na condição de assistentes. Importante destacar que, desde o início, as investigações do caso Marielle e Anderson estavam sob a responsabilidade do GAECO/MPRJ que, na nova formatação, dará a devida continuidade aos trabalhos.

“Reforço o compromisso do MPRJ com toda a sociedade e com os familiares das vítimas de que a instituição está empenhada na elucidação do caso. Para isso, criamos a Força-Tarefa, em março deste ano, e agora estamos ampliando o efetivo para oito promotores de Justiça focados na investigação, todos integrantes do GAECO/MPRJ. Estaremos com uma grande frente de trabalho, reunindo promotores especializados, dedicados à continuidade das investigações, para a identificação dos eventuais mandantes dos crimes. Reafirmo que a elucidação completa deste caso é uma das prioridades absolutas do MPRJ”, pontua Luciano Mattos.

A vereadora e seu motorista foram mortos na noite de 14 de março de 2018. O policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Elcio Queiroz foram identificados como executores dos assassinatos, e já se encontram presos.

O PGJ ressaltou ainda que, com a nova composição do GAECO/FTMA, serão preservados o diálogo e a atenção sempre dispensada aos familiares de Marielle e Anderson, bem como às instituições que acompanham o caso, sendo resguardado o sigilo necessário sobre informações que possam comprometer as investigações e o que é determinado legal ou judicialmente.

Desde que iniciou seu mandato, em janeiro deste ano, Luciano Mattos criou diversas Forças-Tarefas em temas que demandam atuação especializada. Entre os casos destacam-se também as investigações sobre as mortes ocorridas na operação policial na comunidade do Jacarezinho, em 6 de maio deste ano, a fiscalização da campanha de vacinação contra a Covid-19 em todo o Estado, o processo de retorno às aulas presenciais no ensino público e as denúncias de maus-tratos contra os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas nas unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »