Últimas Notícias

MPRJ investiga se houve nepotismo na nomeação de secretários na Prefeitura de Magé

Prefeitura afirmou que as nomeações dos secretários com vínculos de parentesco não são ilegais

Por Redação Tupi

Prefeitura de Magé (Foto: Reprodução)

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, escolheu pelo menos sete familiares para cargos relacionados a Prefeitura do município da Baixada Fluminense.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro abriu um inquérito para apurar se houve nepotismo na prefeitura de Magé, na Baixada Fluminense.

A investigação foi aberta após o prefeito Renato Cozzolino, escolheu pelo menos sete familiares para cargos relacionados a Prefeitura do município.

Os familiares nomeados são:

Jamille Cozzolino – irmã do prefeito, vice-prefeita e secretária de Educação e Cultura;

Lara Adario Torres – noiva do prefeito e secretária de Assistência Social e Direitos Humanos;

Fernando José Assunção Cozzolino – primo do prefeito e secretário de Trabalho e Renda;

Vinícius Cozzolino Abrahão – primo do governo e secretário de governo;
Mauro Raphael Cozzolino Nascimento – primo do prefeito e nomeado para a Secretaria de Fazenda;

Felipe Menezes de Souza – cunhado do prefeito e secretário de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira idade;

Samyr Harb – tio do prefeito e nomeado para a Secretaria de Infraestrutura.

Por meio de nota, a Prefeitura de Magé afirmou que as nomeações com vínculo de parentesco não são ilegais. Para Renato Cozzolino, as escolhas foram feitas com base na experiência e conhecimento dos familiares.

Ainda segundo a executivo municipal, o número de secretarias serão reduzidas de 22 para 16.

Comentários

enquete

Flamengo vai se dar bem no confronto com o La Calera?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »