Campeonato Brasileiro

Não saiu do zero! Fluminense cria bastante, mas fica só no empate com o Ceará pelo Campeonato Brasileiro

Com o resultado, Tricolor estaciona na décima posição, com 14 pontos

Por Bruno Gentile

Lucca encara jogador do Ceará em jogo pela Série A
(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Tentou, mas não conseguiu! Em jogo movimentado e de muitas chances, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Ceará, nesta quarta-feira (7), em São Januário, pela décima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, e desperdiçou a oportunidade de subir na classificação e encostar no G-4 da competição nacional. Com a igualdade, o time das Laranjeiras estacionou no meio da tabela – é o 10° colocado -, com 14 pontos, cinco atrás do Atlético-MG, que está em quarto lugar. Além disso, Roger Machado ainda tem enorme preocupação para os próximas dias: Fred sentiu uma lesão muscular, ainda na etapa inicial, e teve de ser substituído.

O início do primeiro tempo foi totalmente de domínio tricolor e os mandantes, logo aos 2 minutos, trataram de abrir o placar. Depois de boa jogada de Caio Paulista pela faixa esquerda, Luiz Henrique finalizou forte para o gol, a bola explodiu na zaga e sobrou limpa para o camisa 70, que dominou, sozinho, e empurrou para o fundo das redes. Porém, com o auxílio do VAR, o árbitro acabou invalidando o lance por conta de um impedimento. Na sequência, os cariocas chegam mais uma vez com perigo: Caio avançou pelo gramado, após receber passe de Fred, e finalizou cruzado, perto da baliza de Richard.

Aos 15, continuando a blitz exercida pelos donos da casa, foi a vez de Luis Henrique tabelar com o experiente centroavante das Laranjeiras e arriscar uma bomba sem hesitação, pelo lado direito, mandando por cima da meta adversária e ensaiando novamente oportunidade interessante de inaugurar o marcador. Até essa altura, os comandados do técnico Roger Machado detinham o controle das ações e da posse, o que fez parecer questão de tempo para que se iniciasse a contagem em São Januário. Entretanto, Fred, durante um ataque, sentiu um desconforto muscular e teve de ser substituído por Lucca, contribuindo para que o ritmo e volume ofensivo de sua equipe caísse de rendimento.

A partir daí, com a saída da principal referência do oponente, o Ceará começou a gostar mais do jogo e se lançou à frente, dando equilíbrio ao confronto. E, aos 29, a primeira grande jogada dos nordestinos foi criada, com Mendoza: o camisa 10 fez fila pela faixa esquerda, se livrou da marcação e arrematou forte de canhota. A bola chegou a balançar as redes do goleiro Marcos Felipe, mas pelo lado de fora. Depois desse lance, a partida passou a ficar mais truncada e, tirando uma tentativa de finalização de Caio Paulista nos acréscimos, que levou certo perigo a Richard, não houve mais possibilidades claras para alterar o placar.

Na volta do intervalo, o Fluminense retornou elétrico, da mesma forma que iniciou o duelo. Aos 2, uma grande oportunidade de ficar em vantagem no marcador, mais uma vez com Caio Paulista, bastante participativo até então. O atacante deixou uma série de marcadores para trás, carregou para o meio, ajeitou para a perna boa e bateu consciente, de chapa, no canto esquerdo. Richard voou e espalmou de maneira milagrosa, mandando para escanteio. Na cobrança, o arqueiro fez outra bela intervenção, ao evitar o gol de Lucca, que cabeceou firme na direção da baliza.

Após a pressão, a blitz tricolor foi se desfazendo, assim como na etapa inicial, e o time das Laranjeiras caiu de ritmo por um determinado período do jogo, até que, aos 23, conseguiu criar ótima trama pela lateral-esquerda. Ao realizar a ultrapassagem nas costas do defensor adversário, Egídio recebeu, livre, no lado do campo e cruzou para a área, achando Lucca na medida. O substituto de Fred subiu mais alto que toda a zaga do Vozão e testou forte para o chão, porém, sem pontaria. Richard encaixou a bola com tranquilidade e saiu jogando para os visitantes.

Já no fim, os cariocas ainda tiveram mais duas chances de tentar vencer e sair com os três pontos, em cabeçada de Gabriel Teixeira, que não teve bom desempenho na partida, e em cobrança de falta feita por Nenê, buscando o ângulo e mandando por cima da barreira. Só que Richard estava bem colocado para desviar para escanteio e, em seu último ato, evitar a derrota do Ceará em São Januário.

Agora, o Fluminense terá poucos dias para se preparar para o confronto diante do Sport, no sábado (10), às 19h, na Ilha do Retiro, pela décima primeira rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, e precisa vencer para se aproximar do G-4 da competição, já que está, no momento, com 14 pontos, cinco atrás do Atlético-MG, em quarto lugar. Depois, na terça-feira (13), os comandados de Roger Machado iniciam a caminhada nas oitavas de final da Libertadores, contra o Cerro Porteño, do Paraguai, às 19h15, fora de casa.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »