Sentinelas da Tupi

O Rio nas mãos de quem?

Eleitor deve apostar na experiência para as eleições municipais deste ano

Por Pedro Leite

Foto: (Super Rádio Tupi)

Todas as eleições são importantes numa democracia. Elas expressam o ápice, o apogeu, da cidadania: o voto! A opção e escolha. Neste ano, a Covid-19 torna o pleito ainda mais complexo. A cidade, que tem o turismo como um de seus pilares econômicos, precisará de um prefeito capaz de gerir com criatividade e, claro, muita competência.

É neste cenário que Eduardo Paes (DEM) desponta como favorito para levar este primeiro turno (e segundo também). Mas por qual razão? Experiência. Na sombra do que foi a surpresa da vitória de Wilson Witzel no Governo do Estado em 2018, o povo carioca teme o “novo” e deve apostar em Paes. Foi com esse discurso que o ex-prefeito embasou a campanha no rádio e na televisão do início ao fim.

Marcelo Crivella (Republicanos) voltou a tomar a segunda posição nas últimas pesquisas divulgadas neste sábado (14). Muito pela ampla utilização da imagem e discurso do presidente Jair Bolsonaro, que vestiu a camisa do atual prefeito, e pela grande representatividade da direita política, surfando a onda do momento.

Martha Rocha (PDT) e Benetida da Silva (PT), mesmo no desalinho da esquerda na política nacional, também apresentam boas chances de levar a segunda vaga para o próximo turno. Caso nenhuma das duas avance, ficará ainda mais claro o quanto PDT e PT se prejudicam. Algo parecido com o que aconteceu com Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT), em suas devidas proporções. Os presidenciáveis não levaram e viram Bolsonaro, na direita unificada, conquistar o posto numa campanha histórica.

Luiz Lima (PSL) até cresceu na disputa e, apesar de remota, tem suas chances de avançar à próxima etapa. Lima, com apoio do presidente Bolsonaro, poderia ter sido um adversário mais indigesto para Eduardo Paes. Isso porquê não conta com a rejeição que Crivella tem, de 62% do eleitor. Por outro lado, continuaria a enfrentar dificuldades para conquistar eleitores pelo discurso que carrega: “diferente disso tudo que está aí”, contexto que o carioca viu muito recentemente…

No fim das contas, Paes quer Crivella como adversário. Benedita seria bem aceita. Martha Rocha não.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »