Últimas Notícias

Pandemia leva a alta mortalidade em cidade da Baixada Fluminense

Os dados indicam que o número de óbitos registrados infelizmente pode aumentar, assim como a variação da média anual

Por Milena Coutinho

Foto: Reprodução Internet

A pandemia causada pelo novo Coronavírus, que atingiu em cheio o Brasil e já causou a morte de mais de 200 mil brasileiros, transformou 2020 no ano mais mortal da cidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Desde o início da série histórica das estatísticas vitais de óbitos do registro civil, em 2003, nunca morreram tantos caxienses em um só ano e nunca houve uma variação anual de óbitos tão grande como a ocorrida na comparação entre 2019 e 2020.

Segundo os dados do Portal da Transparência, os óbitos registrados pelos cartórios de Duque de Caxias, em 2020, totalizaram 9.055 falecimentos, o que representa um aumento de 21,6% sobre o ano anterior. E os dados indicam que o número de óbitos registrados infelizmente pode aumentar, assim como a variação da média anual, uma vez que os prazos para registro chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro no portal. Além disso, alguns estados brasileiros expandiram o prazo legal para registros de óbitos em razão da situação de emergência causada pela Covid-19.

Comentários
enquete

Caio Afiune mereceu vencer a prova do líder desta semana?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
09 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »