Brasil

PF indicia Luciano Bivar e três candidatas investigadas em esquema de laranjas do PSL

Corporação investiga se eles teriam omitido movimentações de recursos financeiros oriundos do fundo partidário

Por Redação Tupi

Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

A Polícia Federal indiciou o presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar, e três candidatas a deputada pelo partido, nesta sexta-feira. A corporação investiga um esquema de candidaturas laranjas usado nas eleições de 2018 para eleger Lourdes Paixão, a deputada federal, além de Érika Siqueira Santos e Mariana Nunes, candidatas a deputada estadual.

A PF informou que as três mulheres são suspeitas de participar do desvio de verba do Fundo Partidário do PSL. Elas e Bivar foram indiciados por omitir declaração ou inserir declaração falsa para fins eleitorais. A decisão foi baseada no no artigo 350 do Código Eleitoral. Os quatro ainda foram enquadrados no artigo 354 do Código Eleitoral, que veda a apropriação de valores destinados ao financiamento eleitoral para benefício próprio ou para outra pessoa. Além de associação criminosa.

As investigações apontam que “representante do Partido Social Liberal em Pernambuco teria ocultado, disfarçado ou omitido movimentações de recursos financeiros oriundos do fundo partidário, através de três candidatas fictícias”, segundo a PF.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »