Baixada Fluminense

Polícia Civil recupera mais de dois quilômetros de cabo de fibra ótica

Segundo os policiais, o acusado desviava os equipamentos em proveito próprio

Por Redação Tupi

Imagem de uma viatura policial carregada de cabos
Foto: Divulgação/ PCRJ

Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam, nesta quinta-feira (17), um ex-funcionário de empresas que prestam serviços de telefonia e internet e apreenderam mais de dois quilômetros de cabos de fibra ótica. Segundo os policiais, o acusado desviava os equipamentos em proveito próprio.

A ação foi para combater furto e receptação de equipamentos utilizados por concessionárias de serviços públicos. Segundo os agentes, o material foi encontrado em um depósito no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O acusado responderá pelo crime de furto qualificado, cuja pena pode chegar até oito anos de prisão.

De acordo com a DRF, ações para coibir o furto e a receptação de equipamentos de concessionárias continuarão por todo o Estado. A delegacia ressalta que a subtração destes materiais, além de afetar a continuidade da prestação de serviços essenciais, gera sérios riscos à população.

O crime de furto é descrito como subtração, ou seja, diminuição do patrimônio de outra pessoa, sem que haja violência. O Código Penal prevê para o furto pena de reclusão de 1 a 4 anos e multa.

A lei prevê aumento de pena para quem cometa o crime durante a noite, e para os casos de furto de pequeno valor, permite diminuição ou até perdão de pena, aplicando-se apenas a pena de multa, é o chamado furto privilegiado.

 

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »