Política

Polícia Federal indicia 3 assessores de ministro e 4 candidatas no caso das laranjas do PSL

Suspeitos foram indiciados pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A Polícia Federal indiciou nesta segunda-feira três assessores do Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e quatro candidatas do PSL de Minas Gerais que são suspeitas de participação em esquema de candidaturas laranjas. Os suspeitos foram indiciados pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa. O caso está sob sigilo.

As quatro candidatas do PSL, Lilian Bernardino, Naftali Tamar, Debora Gomes e Camila Fernandes prestaram depoimento nesta segunda-feira, mas ficaram caladas. A Polícia Federal ainda não concluiu as investigações.

A Folha de S.Paulo revelou em fevereiro a existência do esquema que direcionou R$ 279 mil em verbas públicas do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, para quatro candidatas.

Comentários
enquete

Homens são mais sinceros que as mulheres quando o assunto é amizade?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »