Brasil

Por R$ 318 milhões desviados, MPF pede pede condenação máxima de Cabral

Investigação integra Operação Hic et Ubique, desdobramento da Lava Jato

Foto Reprodução

Por Redação Tupi

O  Ministério Público Federal (MPF) enviou nesta segunda-feira as alegações finais sobre a Operação Hic et Ubique, desdobramento da Lava Jato que investiga Sérgio Cabral por corrupção passiva, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

A MPF divulgou que a delação premiada dos doleiros Vinicius Claret e Claudia de Souza chegou ao valor de R$318 milhões desviados por Cabral e parceiros. Por isso, pedem a pena máxima para o ex-governador do Rio, e que a condenação não tenha chance de ser reduzida pelo fato de agora ele assumir corrupção.

De acordo com a Veja, junto de Cabral, também foram indiciados o ex-assessor Carlos Miranda, o ex-secretário de Gestão Wilson Carlos, o operador Sérgio de Castro Oliveira, além dos doleiros Claret , Souza e Timothy Scorah Lynn.

 

enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
04:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »