Conecte-se conosco

Destaques

Prefeito Eduardo Paes inaugura Bairro Maravilha para moradores de Campo Grande e diz ‘é fazer com que a vida seja mais normal’

Com investimentos de R$ 1,1 milhão, a via recebeu pavimentação, calçadas e drenagem trazendo aos moradores do bairro mais conforto e qualidade de vida

Publicado

em

Prefeito Eduardo Paes
Prefeito Eduardo Paes - Foto : Fábio Motta / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, esteve neste domingo (22), junto com a secretária de Infraestrutura, Jessick Trairi, e o subprefeito da Zona Oeste, Diogo Borba na Rua Fernão de Magalhães para acompanhar as obras do projeto Bairro Maravilha.

Com investimentos de R$ 1,1 milhão, a via recebeu pavimentação, calçadas e drenagem trazendo aos moradores do bairro mais conforto e qualidade de vida.

“A gente tem feito esses esforços pela cidade, e a mobilização dos moradores, que cobram resultados, é muito importante. Tivemos um primeiro ano difícil, de arrumação da casa, devolvemos a capacidade da Prefeitura de investir” comentou Eduardo Paes.

Rua Fernão Magalhães obras do Bairro Maravilha – Foto : Fábio Motta / Prefeitura do Rio

Dentre as melhorias do bairro, a antiga rua de barro deu lugar a 3.800 metros quadrados de asfalto, além de iluminação em LED e a implementação de galerias pluviais para melhorar a drenagem e acabar com os alagamentos recorrentes nos dias chuvosos.

Ainda em Campo Grande, o Prefeito informou que, as obras não param, outras 12 ruas serão comtempladas em uma área de pelo menos 18.271 metros quadrados.

Quadra entregue pelo projeto Bairro Maravilha – Foto : Fábio Motta / Prefeitura do Rio

Em outro trecho, o Prefeito do Rio Eduardo Paes, lembrou da importância e cooperação dos moradores para cobrar e fiscalizar as obras, ” Essa mobilização dos moradores, exigir, cobrar é muito importante. É importante que o serviço funcione, é importante que a gente tenha capacidade de manter as praças, de manter iluminação que a gente colocou LED na cidade inteira, enfim, é fazer com que a vida possa ser mais normal”.

Continue lendo