Modal

Prefeitura do Rio interrompe festas e aglomerações em diversos pontos da Zona Oeste neste domingo

Em atendimento a denúncias, ação conjunta fechou 10 bares e restaurantes em Bangu e Padre Miguel, e impediu evento em casa de festa em Guaratiba

Por Redação Tupi

Em atendimento a denúncias, ação conjunta fechou 10 bares e restaurantes em Bangu e Padre Miguel, e impediu evento em casa de festa em Guaratiba
(Foto: Divulgação Seop/Prefeitura do Rio)

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realizou, no último domingo (02), uma ação conjunta para checar denúncias de aglomerações em diversos estabelecimentos, incluindo bares, restaurantes e casas de festas, da Zona Oeste do município. Como resultado, foram fechados 10 estabelecimentos de 57 fiscalizados em Bangu e no Ponto Chic, em Padre Miguel, e encerrado um evento não autorizado em Guaratiba. Um dos estabelecimentos fiscalizados em Bangu também promovia evento irregular para mais de mil pessoas e foi autuado.

Em Guaratiba, o evento aconteceria em uma casa especializada na Estrada da Ilha. Os agentes chegaram ao local por volta das 14h e constataram a organização da festa, interrompendo as atividades. O proprietário foi autuado por falta de uso de máscara e falta de higiene nos banheiros do estabelecimento.

Já em Bangu e Padre Miguel, além dos 57 estabelecimentos fiscalizados, três ambulantes sem autorização foram orientados a se retirar, e uma estrutura que ocupava indevidamente o espaço público foi desmontada. Ao todo, foram aplicadas, nos dois bairros, 18 multas por infrações diversas, incluindo sanitárias, como falta de uso de máscara e aglomeração. Sete ambulantes e um estabelecimento também foram notificados. Foram recolhidos ainda cerca de 200 quilos de resíduos sólidos durante todo o roteiro, que contemplou as ruas Figueiredo Camargo, Santa Cecília e Francisco Real, e a Estrada do Guandu do Sena.

Coordenada pela Subsecretaria de Operação da Seop, a força-tarefa contra aglomerações deste domingo contou com agentes da Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano (da Secretaria Municipal de Fazenda) e da Subsecretaria de Vigilância Sanitária (da Secretaria Municipal de Saúde); Guarda Municipal; Comlurb; e Polícia Militar.

Como parte das medidas adotadas pela Prefeitura do Rio contra a pandemia da Covid-19, a Seop integrou, de 18 de março a 27 de julho, 405 ações conjuntas de fiscalização do comércio em toda a cidade. Nesses quatro meses de atuações diárias, foram fiscalizados 38.047 estabelecimentos, com 27.793 pontos comerciais fechados.

Já o Disk Aglomeração (outra frente de fiscalização coordenada pela Seop) atendeu 11.206 ocorrências desde 31 de março, quando o serviço entrou em operação com base em chamados ao canal 1746 (telefone, site ou aplicativo). Os dez bairros mais demandados são: Campo Grande, Realengo, Bangu, Santa Cruz, Barra da Tijuca, Taquara, Tijuca, Centro, Copacabana e Recreio dos Bandeirantes.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »