Jornalismo

Primeira-ministra britânica tenta acordo com oposição sobre Brexit

Para Theresa May, a opinião pública estaria frustrada com os atrasos na saída do país da União Europeia, que deveria ter ocorrido no final de março

Para Theresa May, a opinião pública estaria frustrada com os atrasos na saída do país da União Europeia, que deveria ter ocorrido no final de março
(Foto: Reprodução)

A premiê britânica, Theresa May, escreveu em um artigo publicado neste domingo, pelo jornal The Mail on Sunday, que pretende “fazer um acordo” com a oposição, na busca de encontrar uma saída para a crise do Brexit. May ainda pediu a Jeremy Corbyn, líder da oposição, que “escute o que os eleitores disseram na eleição e ponha de lado as diferenças por um momento”.

A primeira-ministra ainda escreveu que “os eleitores esperam que implementamos o resultado do referendo (do Brexit)”. E acrescentou que a opinião pública estaria frustrada com os atrasos na saída do país da União Europeia (UE), que deveria ter ocorrido no final de março.

O prazo foi prorrogado até 31 de outubro, após May ter fracassado três vezes na votação parlamentar sobre o seu acordo de saída do bloco europeu.

Segundo informações do jornal Sunday Times, o governo da primeira-ministra estaria disposto a fazer concessões aos trabalhistas em três áreas: tarifas alfandegárias, direitos dos trabalhadores e tráfego de mercadorias. De acordo com o diário, May quer apresentar propostas para “um regime tarifário temporário” com a UE, que pode durar até a próxima eleição parlamentar, que deve ocorrer, no mais tardar, em maio de 2022.

Até agora, May defendeu se retirar da união alfandegária e do mercado comum europeu para que o Reino possa cuidar, de forma independente, de suas políticas comerciais e de imigração. O Partido Trabalhista, por outro lado, quer permanecer mais próximo da UE. Se o Tratado de Brexit não for aprovado pelo Parlamento em breve, o Reino Unido terá que participar das eleições europeias em 23 de maio.

Na próxima terça-feira, as negociações oficiais entre o governo e a oposição sobre o Brexit deverão ter prosseguimento. No entanto, um acordo entre os conservadores e os trabalhistas sobre uma saída rápida da UE poderia levar a conflitos intrapartidários em ambos os lados.

As informações são da Deutsche Welle Brasil.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
09 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »