Capital Fluminense

Quadrilha de estelionatárias movimentou R$ 400 mil reais em 15 dias

Crimosas ostentavam vida de luxo nas redes sociais

Por Marcelo Silva

Estelionatárias se passava por blogueiras nas redes sociais
(Quadrilha de estelionatárias que se passava por blogueira arrecadou R$ 400 mil em apenas uma semana / Reprodução Redes Sociais)

Um levantamento da Polícia Civil sobre a movimentação financeira de uma quadrilha de estelionatárias, que se passavam por blogueiras apontou que a organização criminosa, liderada por um grupo de mulheres chegou a lucrar cerca de R$ 400 mil reais, em golpes durante um período de 15 dias.

 

De acordo com a polícia, as informações foram encontradas em anotações feitas por uma das criminosas no momento da prisão. No entanto, esse lucro pode ser ainda maior, uma vez que, a maioria dos dados sobre essa organização criminosa estão em laptops e aparelhos de telefones celulares que ainda periciados pelos agentes.

 

A investigação apontou ainda que algumas da criminosas, ostentavam uma vida de luxo nas redes sociais, com postagem de fotos feitas em locais paradisíacos, pontos turísticos e passeios de lancha no litoral do Rio de Janeiro.

 

Na sexta-feira (09), a Justiça do Rio  converteu a prisão em flagrante da quadrilha comandada por um grupo de blogueiras estelionatárias para preventiva. A decisão é da juíza Mariana Tavares Shu, da Central de Audiências de Custódia do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Justiça decreta prisão preventiva de blogueiras acusadas da prática de estelionado
(Justiça decreta prisão preventiva de blogueiras acusadas da prática de estelionado / Reprodução PMERJ)

Dessa forma, a organização criminosa continuará presa durante as investigações do caso. Entre as integrantes da quadrilha estava a influenciadora digital, Anna Carolina de Sousa Santos, que se apresentava como empreendedora nas redes sociais, juntamente com Yasmin Navarro, Mariana Serrano de Oliveira, Rayane Silva Sousa e Gabriela Silva Vieira.

 

Elas foram presas na quarta-feira (7) por roubar dados de cartão de crédito e causar prejuízo às suas vítimas. As mulheres foram capturadas em um apartamento no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, pela prática de estelionato.

 

Segundo a Polícia, no local funcionava uma falsa “central de telemarketing”, que servia para aplicar golpes em suas vítimas. O golpe funcionava da seguinte forma: elas entravam em contato fingindo ser da administradora do cartão de crédito, diziam quem havia sido detectada uma fraude nas compras feitas no cartão, e que a vítima deveria passar alguns dados para resolver o problema.

 

Após o telefonema, as golpistas ainda mandavam um suposto motoboy até a casa da pessoa a ser lesada pegar o cartão. No momento da prisão, policiais encontraram duas indiciadas em ligação ativa com suas vítimas. De acordo com o judiciário fluminense, a magistrada entendeu que o grupo oferece risco à sociedade por “participar de organização para a prática de estelionato”.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »