Brasil

Ricardo Salles diz que desmonte ambiental é herança de outros governos

Segundo o ministro, os órgãos ambientais estavam com déficit de pessoal e problemas financeiros

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O ministro do Meio Ambiente,  Ricardo Salles, negou que tenha ocorrido desmonte ambiental no governo Bolsonaro. Em uma audiência pública sobre o Fundo da Amazônia, no Supremo Tribunal Federal, o titular da pasta alegou que a gestão atual recebeu a estrutura do setor sucateada, em razão do abandono protagonizado por governos anteriores.

Segundo o ministro, os órgãos ambientais estavam com déficit de pessoal e problemas financeiros. As declarações ocorreram no âmbito da análise de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão, movida por PSB, PT, Rede e PSol. Os partidos alegam que o governo bloqueou R$ 2,9 bilhões do Fundo da Amazônia, que poderiam ser usados no combate ao desmatamento.

Ricardo Salles disse que os recursos foram paralisados pela falta de decisão sobre o uso da verba com os países doadores, como Noruega e Alemanha. A rejeição dos países doadores teria ocorrido após o governo solicitar que os recursos fossem usados no fomento de micro e pequenas empresas que atuam na região da Amazônia.

 

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »