Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Rio de Janeiro recebe a 27ª Parada do Orgulho LGBTI+ em Copacabana

Centro de Operações Rio divulgou o esquema de trânsito para o evento

Publicado

em

Rio de Janeiro recebe a 27ª Parada do Orgulho LGBTI+ em Copacabana
Rio de Janeiro recebe a 27ª Parada do Orgulho LGBTI+ em Copacabana

O Rio de Janeiro recebe a 27ª Parada do Orgulho LGBTI+ neste domingo (27), a partir das 11h, no posto 5 de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Com a campanha “Coragem pra ser feliz”, desenvolvida pelo diretor de criação Bruno Bertani, da Industria Nacional Design, a “Parada” convida todas e todos a olhar para o futuro com otimismo e garra, lembrando das conquistas alcançadas pelo movimento LGBTI+, porém sem esmorecer diante de um Brasil que ainda é reconhecido como o país que mais mata pessoas LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexo) no mundo, e que precisa urgentemente retomar a pauta da promoção do respeito à diversidade e da implementação de políticas públicas para a comunidade, o que não ocorreu neste atual governo federal.

Organizada pela ONG Grupo Arco-Íris, a Parada do Orgulho LGBTI+ Rio 2022 contará com 10 trios elétricos, alas temáticas que reforçam a importância da preservação da Amazônia e o Meio Ambiente, homenagem às vítimas da covid 19; e tem o desafio de aliar festa e exaltação às liberdades individuais à conscientização para um país livre da LGBTIfobia e com justiça social.

Nesse sentido, a marcha reunirá diferentes grupos discriminados – pessoas LGBTI+, negras, mulheres, povos originários e outros, com o objetivo de reforçar que a luta por um Brasil igualitário e de todos nós.

“Essa é a Parada do renascimento após um período de dor e perdas em razão da covid 19 e especialmente pelo aumento do discurso de ódio em parte da sociedade contra nossa comunidade LGBTI+. Do nosso renascimento como cidadãos de direitos. Sabemos que retomar o caminho para o respeito às nossas identidades exigirá coragem para romper com últimos anos de conservadorismo e com a tentativa de fazer o ódio imperar. Somos sempre pelo afeto e pelo diálogo. Porque, no final, o amor venceu e sempre vencerá”, afirma Cláudio Nascimento, Presidente do Grupo Arco-Íris e Coordenador Geral da Parada do Orgulho LGBTI+ Rio 2022.

O Centro de Operações Rio divulgou o esquema de trânsito para o evento.

A concentração será na Av. Atlântica, pista da orla, na altura da Rua Sá Ferreira (posto 5), a partir das 11h. O desfile está programado para iniciar às 14h e irá percorrer a Av. Atlântica até a Rua Rodolfo Dantas.

As interdições de trânsito serão feitas por etapas.

A primeira será iniciada às 23h30 de sábado (26) com a interdição da Av. Atlântica, pista junto à orla, entre a Rua Francisco Otaviano e a Rua Miguel Lemos, para o posicionamento dos trios elétricos. Às 7h da manhã de domingo (27) será implantada a Área de Lazer da Av. Atlântica, pista junto à orla, como ocorre aos domingos e feriados. A partir das 10h está prevista a interdição da Av. Atlântica, pista das edificações, no trecho entre a Rua Joaquim Nabuco e a Av. Princesa Isabel, além de seus acessos, em caso de ocupação da via pelo público.

A Área de Lazer da Av. Atlântica, bem como a interdição da pista junto às edificações, serão mantidas até o término do evento, a desocupação da via pelo público e a limpeza das pistas, com a liberação ao tráfego de veículos prevista até às 23h.

A inversão de mão da Av. Atlântica, pista das edificações, funcionará em seu horário habitual, das 7h às 18h.

A operação de trânsito contará com 80 agentes, entre guardas municipais, operadores da CET-Rio e apoiadores de tráfego, que trabalharão para manter a fluidez, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres e motoristas, além de efetuar os bloqueios. As condições do trânsito serão monitoradas quanto a eventuais impactos e os tempos semafóricos serão ajustados para melhorar a fluidez nas rotas alternativas e nos principais corredores de tráfego da região. Painéis de mensagens variáveis informarão sobre a interdição da Av. Atlântica e as condições de tráfego nas vias do entorno.

PROIBIÇÕES DE ESTACIONAMENTO
A partir das 18h de sexta-feira (25/11) às 23h do dia 27/11:
-Av. Nossa Senhora de Copacabana, entre a Rua Francisco Otaviano e a Av. Princesa Isabel;
-Rua Figueiredo de Magalhães, lado direito, entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana;
-Rua Rodolfo Dantas;
-Rua Bolívar, entre a Av. Atlântica e a Av. Nossa Senhora de Copacabana.

RECOMENDAÇÕES
-Utilizar transporte público coletivo para chegada e saída do evento;
-Devido às interdições para o evento, é recomendado que os motoristas busquem rotas alternativas para seus deslocamentos e, se possível, evitem passar pela região, pois o trânsito deverá estar impactado.

27ª Parada do Orgulho LGBTI+ Rio

Dia: 27 de novembro (domingo)

Concentração para a Parada e início dos shows: 11h

Local: Posto 5

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *