Entretenimento

Rock in Rio é declarado patrimônio da cidade do Rio

Maior evento de música do país se tornou de especial interesse turístico e passa a fazer parte do calendário oficial de eventos da cidade

Por Redação Tupi

Rock In Rio
Rock In Rio anuncia novas atrações para 2022 (Foto: Luiz Walcyr)

O maior evento de música do país foi declarado como patrimônio da cidade do Rio de Janeiro. A partir desta sexta-feira (13), o Rock in Rio foi definido como de especial interesse turístico e passa a fazer parte do calendário oficial de eventos da cidade. A lei foi sancionada nesta sexta-feira pelo prefeito Eduardo Paes e é de autoria dos ex-vereadores Luiz Antônio Guaraná, atual presidente do Tribunal de Contas do Município (TCM), e Otavio Leite.

De acordo com a norma, n° 7.365/2022, o Poder Executivo poderá implantar medidas como o esgotamento sanitário no local de realização do festival. Além disso, poderá adotas as demais medidas de higiene julgadas necessárias pelas autoridades sanitárias.

O texto estabelece ainda a criação de locais especialmente adaptados para espectadores com deficiência ou com mobilidade reduzida, inclusive quanto ao aspecto de acessibilidade a sanitários e refeitórios, além de proximidade dos locais de estacionamento dos veículos que os conduzem.

O festival de música foi também declarado como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro pela Lei nº 7.363/2022, promulgada nesta sexta-feira pelo presidente da Câmara do Rio, vereador Carlo Caiado (sem partido). O autor da lei é o vereador Felipe Michel (PP).

Rock in Rio

O Rock in Rio nasceu em 1985 e conta com mais de 20 edições na história. Além do Rio de Janeiro, tornou-se um evento mundial com edições em Portugal, Espanha e Estados Unidos. “Milhões de pessoas em todo o mundo já prestigiaram este evento de origem carioca, por onde passaram os maiores nomes mundiais da música”, destaca o autor da lei.

Lei sobre a Capoeira

Também nesta sexta-feira, foi promulgada a Lei nº 7.364/2022, que declara a Capoeira, em todas as suas modalidades, Patrimônio Cultural Carioca. Os autores da lei são os vereadores Átila A. Nunes (PSD), Marcelo Arar (PTB), Cesar Maia (PSDB), Carlo Caiado (sem partido), Dr. Carlos Eduardo (PDT), Reimont (PT).

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »