Copa do Brasil

Roger Machado analisa vitória do Fluminense sobre o Bragantino: ‘Foi uma partida consistente, de muita paciência’

Tricolor fez 2 a 0 e largou na frente dos paulistas na Copa do Brasil

Por Bruno Gentile

(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O Fluminense derrotou o Bragantino por 2 a 0, nesta quarta-feira (2), no Maracanã, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, e deu um bom passo para garantir a classificação às oitavas de final da competição. A vaga será decidida na próxima semana, em Bragança Paulista, São Paulo. E o técnico Roger Machado, em entrevista coletiva, fez uma análise do primeiro confronto, destacando as atuações de Fred e Abel Hernández, autores dos dois gols. Para o treinador, o Tricolor fez uma partida sólida e conseguiu, com calma, achar o resultado de maneira natural.

“Foi um duelo consistente. Acima de tudo, de muita paciência, porque enfrentamos um grande adversário, que tenta construir seu jogo a partir do seu campo. Por estarmos jogando em casa, teríamos de subir a marcação e não oferecer espaços. No primeiro tempo, tivemos muito volume, mas não concretizamos. Na segunda etapa, conseguimos achar nossas principais virtudes na figura do Fred”, afirmou o comandante.

“O Fred tem sido importante, assim como o Abel. Mas especialmente o Fred. No ano que trabalhamos juntos no Atlético-MG, também foi uma temporada de muitos gols. Nas equipes que procuro trabalhar, tenho como referência o jogador que atua à frente, o artilheiro. Vou trabalhar para que ele seja o comandante da área, a válvula para que balancemos as redes. Fico feliz com o ano que ele está fazendo”, completou Roger, ao comentar o rendimento do camisa 9 das Laranjeiras.

Durante a entrevista coletiva, o técnico também comentou sobre a realização da Copa América no Brasil, que tem divergido muitas opiniões entre celebridades, dirigentes de futebol e políticos pelo país. Segundo ele, o torneio continental não deveria ser sediado em território brasileiro, por conta da situação atual da pandemia da covid-19 e pela possível chegada de novas variantes do novo coronavírus, que podem entrar nos estados por meio das delegações e seleções sul-americanas que aqui estiverem.

“Quanto menos eventos houver dentro do país com estrangeiros, podendo trazer variantes. Não deve ser autorizado, na minha opinião. Deveria ser cancelada. Copa América tem a todo momento, acabou de ter, há dois anos. Não se trata de hipocrisia. Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro já deveriam ser repensados. Agregar mais uma competição não é saudável no momento que vivemos”, explanou.

Confira outros trechos respondidos por Roger Machado após o jogo contra o Bragantino:

Mudanças do primeiro para o segundo tempo

“As orientações no intervalo foram no sentido de buscar um equilíbrio no meio, com cobertura dos nossos pontas. Equilibrar de um lado quando saltavam Yago, Martinelli e o Gabriel, fechando as costas para impedir que um passe pudesse entrar e gerar dúvida em quem deveria sair. No primeiro tempo, quando conseguimos roubar as bolas no campo de ataque, saltando nossos médios, a gente queria definir o passe de profundidade logo no primeiro momento. Muitas vezes devolvíamos para o adversário”

“A gente trabalhou essa inversão de corredor, para entrar pelo lado contrário de onde retomávamos a bola. Esse ajuste no intervalo, conseguimos justamente nessa variável. Retomada por um lado, fazer bater no corredor central e sair novamente do centro para o lado, para que atacando em profundidade pudéssemos chegar ao gol, como chegamos. Trocas foram peças por peças, jogadores mais desgastados. Para terminar com sangue novo em campo”

Atuações de Caio Paulista e Ganso

“Falei sobre Paulo no último jogo, em que na ausência do Cazares, ele passava a ser minha opção imediata. Entrou hoje e muito bem, oferecendo o que ele tem de qualidade. Tenho buscado ajustar o posicionamento dentro do que entendo para a função, um pouco mais desgastante para um meia, jogar num tripé. O Paulo aqui mesmo no Fluminense já jogou de volante com o (Fernando) Diniz, tem capacidade. E com uma qualidade que poucos têm. Quando entrou, achou muitos passes. Se posicionou, roubou bola, para demonstrar que ele está motivado independente do que acontecer”

“Caio é quem mais evoluiu em posicionamento tático em campo. Entendeu que precisava evoluir para o que eu entendo nessa função, e trabalhou muito. Ele tem sido decisivo, assim como o Gabriel, pro equilíbrio do nosso meio. Nas inversões de corredor, em que o adversário tenta entrar por um lado, ele divide o campo, ajudando a ser um quarto jogador no meio. Tem muita força para tomar a bola e arrancar. Gosta muito do jogo físico, mas não só disso. Fico muito feliz. Da minha contribuição, tem muito pouco. O que tem é muita vontade do atleta”

Possibilidade de poupar atletas contra o Cuiabá

“Não gosto de usar a palavra poupar, parece que é desprestígio. Torcedor, por vezes, interpreta mal. Trabalho muito em conjunto com a fisiologia, quero levar para o campo quem estiver melhor. Mas preciso levar jogadores frescos, descansados. Se for necessário fazer isso, podemos escolher essa via. Penso que o tempo de recuperação é adequado. Amanhã vamos receber os dados de recuperação física e ver se é necessário colocar um jogador mais descansado”

 



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »