Rio

SuperVia retoma operação da extensão Guapimirim

Antes da pandemia, essa extensão transportava cerca de 800 passageiros por dia

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A SuperVia vai retomar, a partir desta terça-feira (01), a operação da extensão Guapimirim, atendendo ao Decreto Legislativo nº 11 de 2020. A circulação de trens estava suspensa nas quatorze estações deste trecho desde o dia 1º de abril, em cumprimento a outro decreto estadual. Antes da pandemia, essa extensão transportava cerca de 800 passageiros por dia. 

Como a retomada acontece em um período de intensa dificuldade financeira da SuperVia e das demais empresas de transporte público de passageiros do Brasil, a concessionária precisará fazer alguns ajustes na operação da extensão Vila Inhomirim para remanejar investimentos e pessoal.

Com isso, a partir de amanhã, nos dias úteis, a operação em Vila Inhomirim contará apenas com uma composição e a quantidade de viagens será reduzida.

A retomada da operação da extensão Guapimirim implicará em mais custos operacionais, principalmente com o combustível óleo diesel. Guapimirim e Vila Inhomirim são as únicas linhas do sistema que ainda não contam com ramais elétricos.

Além disso, em função da crise financeira, durante o período em que a extensão Guapimirim ficou suspensa, os recursos financeiros e de pessoal foram concentrados nos ramais e extensões operantes. Por isso, alguns investimentos previstos para a realização de manutenção nos carros de passageiros aptos a realizar as viagens foram suspensos e não há caixa para o restabelecimento imediato.

O ajuste da grade horária garantirá também mais proteção aos colaboradores do grupo de risco, permitindo que a empresa mantenha afastados os maquinistas especializados na condução dessas locomotivas.

A SuperVia reforça que a medida tem como objetivo garantir o cumprimento das determinações públicas, mantendo o serviço nestas regiões e buscando impactar o mínimo possível a rotina dos clientes.

A empresa lamenta pela atual situação financeira do setor de transporte público de passageiros no país e principalmente pelos impactos gerados por esta realidade aos seus clientes. De 14/03 até ontem (30/08), a SuperVia deixou de transportar 44.358.609 clientes, o que representou uma perda financeira R$ 186.047.711.

Desde abril, a administração da SuperVia busca auxílio financeiro emergencial de diversos órgãos estaduais e federais, especialmente por entender que, da saúde financeira da concessionária, dependem, além dos milhares de passageiros, mais de 2.500 colaboradores.

 

Comentários

enquete

Você acha que o Flamengo vai levar novamente a Libertadores?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »