Modal

Supremo Tribunal Federal julga pedido de Witzel para interromper processo de Impeachment

Os advogados alegam que houve irregularidades na composição da comissão especial da Assembleia Legislativa do Rio

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Tânia Rego / Divulgação: Agência Brasil)

O Supremo Tribunal Federal está julgando um pedido apresentado pela defesa do governador afastado Wilson Witzel para paralisar o processo de impeachment contra ele. Os advogados alegam que houve irregularidades na composição da comissão especial da Assembleia Legislativa do Rio e também uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, que autorizou a continuidade do rito.

A sessão, que está sendo realizada de forma virtual, tem previsão de ser finalizada nesta sexta-feira (13). Dias Toffoli votou para que colegiado que analisou denúncias contra Witzel seja desconstituído. Os ministros Rosa Weber, Marco Aurélio, Edson Fachin e Cármen Lucia acompanharam o voto do relator do caso, Alexandre de Moraes, que defende que não houve irregularidades no processo.

Luiz Fux se declarou suspeito. Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Roberto Barroso e Kassio Nunes Marques ainda vão se manifestar.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »