Esportes

Vasco repudia atos de racismo na Bolívia

Goleiro Alexander foi vítima da torcida com conivência da arbitragem

Por Wellington Campos

Mais uma vez o estádio de futebol foi palco de atos de racismos da torcida contra um atleta. A vítima foi Alexander do Vasco da Gama na partida desta quarta-feira (19/2), em Santa Cruz de La Sierra, pela Copa sul-americana.

O pior, com a conveniência da arbitragem que não seguiu as normas da FIFA que determina a paralisação do jogo e aplicou cartão amarelo no goleiro reserva vascaíno.

Pelas redes sociais o clube repudiou tais atos e prestou solidariedade ao Alexander.

Leia:

É triste ver que em pleno 2020 ainda observamos tantos casos de racismo no futebol. Não há mais espaço para este tipo de pensamento.

Ao Alexander e todos que possivelmente se sentiram ofendidos, nossa solidariedade.

ESTAMOS JUNTOS, SEMPRE!

#RacismoNão #VascoDaGama

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »