Jornalismo

Vencedora do BBB 19, Paula é indiciada por intolerância religiosa

Segunda conclusão do Decradi, houve preconceito nas frases e declarações da jovem, ao se referir ao colega de confinamento Rodrigo, durante o reality show

(Foto: Reprodução)

Vencedora da edição 2019 do Big Brother Brasil, da TV Globo, a mineira Paula von Sperling Viana foi indiciada por intolerância religiosa na última quinta-feira. Segunda conclusão da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), houve preconceito nas frases e declarações da jovem, ao se referir ao colega de confinamento Rodrigo, durante o reality show.

De acordo com o delegado Gilbert Stivanello, da Decradi, o inquérito será encaminhado para a Justiça, na próxima quarta-feira. Com isso, poderá se dar início ao processo criminal. A vencedora do BBB 19 havia prestado depoimento, na última segunda-feira, e caso seja condenada, a pena dela pode variar de um a três anos, além de uma multa.

Em nota oficial emitida pelo Decradi, o órgão declarou: “Após a oitiva dos envolvidos, análise de vídeo e demais diligências realizadas, concluiu-se pela ocorrência de injúria por preconceito, que acarretou o indiciamento de Paula von Sperling Viana. A Polícia Civil se pauta pelo respeito à liberdade de expressão, mas destaca que, por meio desta, não se pode violar a dignidade da pessoa humana, repudiando todo e qualquer ato ofensivo à religião, etnia, orientação sexual, procedência geográfica, etc do próximo”.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »