Tecnologia

Facebook: Empresa admite que ouviu e transcreveu áudio de usuários

O Facebook garantiu que interrompeu o programa de transcrição após polêmicas envolvendo Apple e Amazon

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução/ Facebook)

Nesta terça-feira, o Facebook admitiu que pagou profissionais para transcreverem os áudios enviados pelos usuários de seus serviços. Segundo a agência de notícias Bloomberg os contratados escutavam todo tipo de conversa, mesmo sem informações sobre como os áudios foram obtidos e onde foram gravados.

Já o Facebook alegou que os usuários que tiveram suas conversas invadidas foram, unicamente, aqueles que optaram pelo aplicativo Messenger. Ainda segundo a empresa, o objetivo seria certificar que o software era capaz de interpretar de forma correta as palavras. O porta-voz afirmou que o anonimato dos usuários foi garantido.

Depois da polêmica envolvendo a Amazon e a Apple, o Facebook parou com o programa. Em 2018, Zuckerberg teve que prestar depoimento sobre denúncias de que a empresa era capaz de escutar as conversas dos usuários por meio do microfone do celular e usar as informações para facilitar a distribuição de anúncios. Ele negou as acusações e alegou que, para acessar este tipo de conteúdo, era necessário que o usuários dessem permissão ao aplicativo.

Comentários
enquete

Qual é o tamanho da vantagem do Flamengo na Libertadores?
Carregando ... Carregando ...

recomendadas
AO VIVO

OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
24 de Agosto de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »