Conecte-se conosco

Coronavírus

Rio continua a vacinar somente para repescagem e segunda dose por falta de imunizantes

Podem receber a vacina pessoas a partir de 40 anos, PCDs, grávidas, puérperas e lactantes

Publicado

em

imagem de uma adolescente sendo vacinada
Foto: Reprodução
imagem de uma adolescente sendo vacinada

Jovem sendo vacinada (Foto: Felipe Bragança)

Por conta da quantidade insuficiente de doses enviadas pelo Ministério da Saúde, a vacinação dos adolescentes segue suspensa na cidade do Rio. A Pfizer é o único imunizante aprovado pela Anvisa para os menores de 18 anos.

Por isso, para dar continuidade ao calendário de vacinação dos adolescentes, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio aguarda que o governo federal acelere a distribuição das 4 milhões de doses que já foram entregues pelos produtores.

A segunda dose da Coronavac também está suspensa no Rio a partir desta quinta-feira (2), pelo mesmo motivo. Está sendo esperada a distribuição das 10 milhões de vacinas que já foram entregues pelo Instituto Butantan e encontram-se estocadas no Ministério da Saúde. A segunda dose da Pfizer e Astrazeneca continuam sendo aplicadas normalmente.

A aplicação da repescagem e da segunda dose seguem acontecendo. Podem receber os imunizantes as pessoas a partir de 40 anos, pessoas com deficiência (PCDs), grávidas, puérperas e lactantes.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *