Conecte-se conosco

Brasil

Agentes da Polícia Federal protestam contra Bolsonaro no Galeão

Ato ocorreu devido o descumprimento das promessas do presidente em valorizar a instituição.

Publicado

em

Protesto de agentes da Polícia Federal contra Bolsonaro no Galeão
Protesto de agentes da Polícia Federal contra Bolsonaro no Galeão (Foto: Reprodução)

Mais de 100 policiais e funcionários da Polícia Federal (PF) se manifestaram no fim da tarde desta quarta-feira (26) no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. O protesto foi contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), devido o descumprimento das promessas em  valorizar a instituição.

Com uma faixa escrita: “Bolsonaro, honre sua palavra. Quem enfraquece a PF, fortalece a corrupção!”, a categoria pediu a reestruturação de carreira na PF. A medida criaria mais níveis na trajetória profissional dos agentes e aumentaria os salários, que não tiveram reajustes para acompanhar a inflação.

O grupo reclama de não receber FGTS, adicional de periculosidade, adicional noturno, auxílio moradia, auxílio fardamento e hora extra. Os profissionais também sofrem um desconto de 41% no Imposto de Renda da Previdência.

Ao longo do mandato na presidência, Bolsonaro prometeu valorizar os policiais e aumentar seus salários, o que gerou uma expectativa de reajuste na faixa entre 16% e 20%. O Congresso chegou a aprovar em dezembro de 2021 um orçamento de R$ 1,7 bilhões para esse fim, mas, em abril, o ministro da Economia Paulo Guedes anunciou um reajuste de 5% para todo o funcionalismo público. O ato desta quarta-feira foi parte de uma ação conjunta de todas as unidades da PF do país para conscientizar a população e a classe política, que utiliza o aeroporto, para valorizar a instituição.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.