Brasil

Alerj prevê projeto para simplificar cerimônia de cremação durante a pandemia

Se o projeto for aprovado, uma declaração já autorizaria a cerimônia

Por Redação Tupi

Foto: Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deve votar na quarta-feira (15), sobre a criação de um projeto de lei (PL) para facilitar o processo de cremação de corpos durante a pandemia do novo coronavírus.

Para realizar o procedimento de cremação, é preciso ter autorização em cartório, com assinatura de um parente de grau direto, além de duas testemunhas, onde todos precisar realizar o reconhecimento de firma.

Se o projeto for aprovado, uma declaração já permitiria a cerimônia. A declaração poderia ser dada por um desses parentes, respeitando a seguinte ordem: cônjuge sobrevivente, filhos, netos ou bisnetos e, por último, pais e avôs ou avós. A declaração não precisa declaração de firma.

O projeto usa como justificativa o fechamento de cartórios e a restrição de circulação imposta pelo governo em meio à pandemia.

O deputado estadual e autor do projeto, Alexandre Knoploch (PSL), afirmou que devem haver emendas “para que coloquemos tudo que é questão de enterro nesse projeto, com objetivo de desburocratizar e evitar o contágio da doença nos profissionais que têm contato com os corpos“. Também compara com as dificuldades enfrentadas por países como a França e a Itália, em que há dificuldade para enterrar os corpos, devido ao aumento exponencial do número de mortos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »